rota 77 com destino ao parque engradado

No caminho que se faz entre o c.e.m e a Rua do Capelão há um mundo. e de repente era possível atravessar o mundo todo em algumas ruas. As conversas vão se afinando, o som começa a sintonizar.

Olá Sr. Domingos.
O sr. Domingos tinha uma mercearia alí na rua de São Pedro Martir (que começa nas escadinhas que sobem para o Largo do Trigueiro) há 50 anos, junto com o Sr João, avô da Monica, que hoje é dona do Monica Rental Tourism Apartaments – era alí a mercearia.
Sr. Domingos agora tem um armazém alí num cantinho ao lado…. umas águas, umas minis e umas batatas. E cadeiras também. Alí passa o Sr. Barata, o carteiro. Alí passa a gente toda a dizer “Olá Sr. Domingos”
o vinho da terra dele, os rins, o dreno. É dia sim dia não que ele lá está. Já o carteiro é dia sim dia sim – como havia de ser.
Na mesma rua mais a frente na janela pequenina: a janela da dona Ivete, que papo não quer muito, mas um pouco.. vá lá.
Da pequenina janela onde continua a rua há uma esquina barrada. Uma barreira invisível. A mouraria varrida alí para a esquina. Da primeira vez nem vimos, mas bem alí só para quem quer ver vive o Hollywood café.
Ah, Dona Afonsina, quanta ternura na dureza do lugar. A música a bombar, o miúdo João com sua laranja, os homens a entrar no bar que é também restaurante. A ternura da Afonsina na dureza do lugar.
“Vê lá se fecha a porta!” diz ela.
Cinquenta e tal anos, 21 anos de um mesmo amor… Quanto mais tempo junto mais o amor cresce, dizia ela. Poderia parecer impossível conversar sobre amor nesse lugar.
Ah, Dona Afonsina, o amor da ternura areja as vistas.
As escadinhas que descem em frente ao Hollywood, vão dar ao parque de diversões onde o brinquedo principal é o 28E… Filas e filas em frente as escadinhas que chegam na mouraria escondida. Os turistas nem imaginam.
O trajeto continua alí na curva da Rua do Capelão, que ao subir a direita na João do Outeiro, damos no café do Sr. Zé e da Dona Rosa – Que há 4 dias, na segunda feira quando começamos o caminho para nada – achávamos que o café era do Sr. João Primeiro Melo Último. Foi ele que nos contou que a Sra Coimbra vendia frutas onde hoje é o parque infatil e sénior da Rua do Capelão.
Dona Rosa se lembra que alí era um prédio que desabou, virou mercado de fruta, onde a Sra Coimbra vendia as tais frutas e hoje é um parque.
“Hoje não há parque para ninguém!” – grita a mãe apressada para sua menina que corre rapidinho no parque para uma volta no escorrega.
O parque do jardim suspenso que só se sobe com o “elevador da santa justa” vulgo escadote da obra da frente, do Edmar, Zé e Seu João.
Alí em cima do Jardim (que no início da semana estava com a relva alta e hoje – no 3º dia de trajeto – tem a relva aparada) tem uma janelinha onde o sr vizinho alerta cuidado ao jardim oco. “ando a reparar que as meninas ai andam”. Abriu-se um cuidado de alerta muito amoroso. Nada como tempo e a constância, acho que diria a Dona Afonsina.
Aqui no parque tem um corredor, que no primeiro dia um senhor nos grita TRAVESSIA.
Sentimos hoje, que todo o trajeto, do cem até aqui se condensa no parque na sua maneira de ser. Separado em três: No meio é o armazém do Sr Domingos, numa ponta a Dona Afonsina, sua ternura na dureza e na outra ponta, rá! A festa! A festa que estamos a sonhar, com o Senhor António Cabral do café da Dona Rosa a tocar o seu trompete.
Nessa festa cabem 77 pessoas de 1 aos 100 anos tal qual diz a placa do parque.
Todas as segundas, quartas e sextas, sairemos do c.e.m às 14h na rota 77 com destino ao parque engradado. Sinta-se convidada a vir um dia desse connosco.
E Catarina… Obrigada!

Clara

23 de Fevereiro
foto: beatriz
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s